Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/papayaco/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2854

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/papayaco/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2858

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/papayaco/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/output.class.php on line 3708

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/papayaco/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php:2854) in /home/papayaco/public_html/wp-includes/feed-rss2.php on line 8
Papaya | Marketing Digital | Angola https://papaya.co.ao Comunicação, Desenvolvimento e Incubadora de Ideias Fri, 20 Mar 2020 16:11:41 +0000 pt-PT hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.4.2 155686786 #BumbaNoKubico: Um movimento pelo trabalho remoto em Angola https://papaya.co.ao/2020/03/20/bumbanokubico-um-movimento-pelo-trabalho-remoto-em-angola/ https://papaya.co.ao/2020/03/20/bumbanokubico-um-movimento-pelo-trabalho-remoto-em-angola/#respond Fri, 20 Mar 2020 16:03:27 +0000 https://papaya.co.ao/?p=3988 A pandemia do Coronavírus – COVID19 é hoje uma realidade impossível de ser ignorada, com mais de 200 mil casos confirmados no mundo inteiro e quase 9 mil casos fatais. Países como a China, Itália, EUA, Espanha e, mais recentemente, Portugal, já decretaram estado de emergência com duras medidas de restrição e quarentena domiciliar obrigatória. Cá em Angola, o…

O conteúdo #BumbaNoKubico: Um movimento pelo trabalho remoto em Angola aparece primeiro em Papaya | Marketing Digital | Angola.

]]>
A pandemia do Coronavírus – COVID19 é hoje uma realidade impossível de ser ignorada, com mais de 200 mil casos confirmados no mundo inteiro e quase 9 mil casos fatais. Países como a China, Itália, EUA, Espanha e, mais recentemente, Portugal, já decretaram estado de emergência com duras medidas de restrição e quarentena domiciliar obrigatória.

Cá em Angola, o governo emitiu um decreto lei provisório que interdita a entrada e saída de pessoas no país, recomenda a restrição no contacto pessoal próximo, chegando a proibir a aglomeração social em eventos com mais de 200 pessoas. O mesmo decreto obriga ainda a criação de condições adequadas e acessíveis para a higiene das mãos, com sabão e água corrente, ou desinfectante à base de álcool, em ambientes públicos e privados, que se mantiverem abertos ao público.

Entretanto, mais vale prevenir do que remediar. Por isso, um pouco por todo o mundo surgem movimentos como o #StayAtHome ou #FiqueEmCasa, com milhares de citações no Instagram e Twitter, que aconselham as pessoas a permanecer voluntariamente em casa, permanecendo apenas abertos estabelecimentos essenciais como farmácias, supermercados ou hospitais.

Oba! Férias 🙂

Não necessariamente! As plataformas digitais hoje em dia permitem um ambiente seguro e eficiente de trabalho remoto, com soluções para empresas de todos os tamanhos e de diferentes ramos de actividade. Até mesmo artistas começam a optar por transmitir online os seus concertos, peças teatrais, etc, como foi o caso do cantor John Legend que esteve em directo durante quase uma hora através do Instagram, com um concerto caseiro em apoio à luta contra esta pandemia.

Quanto a nós, Papaya, estamos em prontidão para migrar provisoriamente para o formato de trabalho remoto e gostaríamos de partilhar a nossa experiência e algumas dicas para ajudá-lo nesta empreitada. E para que todos possam contribuir, surge então o movimento #BumbaNoKubico com o objectivo de partilhar dicas, ferramentas e boas práticas para o trabalho remoto em Angola.

Antes de começar

Primeiramente, nem tudo o que se faz presencialmente nas instalações da empresa pode ser feito remotamente, por exemplo, fica complicado para uma empresa de construção civil continuar a construir casas sem a presença local da equipa (pelo menos por enquanto). Portanto, o gestor da equipa/empresa deve elaborar uma lista de tarefas que poderão ser transportadas para o trabalho remoto e que elementos da equipa farão parte desta “força de trabalho digital”. Neste caso, elaboração de plantas, atendimento ao cliente, relatórios de obras, etc, são tarefas que a construtora pode continuar a desempenhar sem problemas.

Os recursos

Após a definição das tarefas e equipa envolvida, surge a necessidade de garantir os recursos materiais e imateriais para a realização do trabalho. Seguem aqui os essenciais:

Computadores: Sem eles não é possível virtualizar o trabalho. Logo, é necessário certificar-se de que cada membro da equipa remota tem disponível em casa uma “máquina” capaz de realizar as tarefas definidas. Cá, alguns de nós irão transportar os computadores do escritório para casa.

Conexão à internet:  Este é provavelmente o calcanhar de Aquiles para o sucesso de qualquer acção de trabalho remoto em Angola. Sem contar que, neste momento, o fornecimento normal está limitado devido a uma avaria nos cabos submarinos que “fornecem” Internet para o país. Outro dilema é a cobertura limitada dos operadores. A TV Cabo cobre apenas as cidades de Luanda, Lobito, Benguela, Lubango e Huambo. Já a ZAP Fibra cobre apenas a cidade de Luanda. Outra opção é a Net One, que cobre Luanda, Cabinda, Benguela, Huambo, Huíla, Malange e Zaire. Mas a solução mais flexível em termos de cobertura é a Net Casa da Unitel, disponível em todas as províncias do país.

A necessidade de demais materiais necessários como folhas, canetas, blocos de nota, etc, devem ser avaliadas segundo as tarefas atribuídas para cada elemento da equipa remota.

Ferramentas Colaborativas

Além da conexão à internet, cada equipa precisa eleger uma ou mais plataforma de interacção, para manter a comunicação e gestão das actividades diárias. Empresas de grande porte normalmente têm já definidos sistemas de comunicação super robustos, mas para aqueles que procuram soluções simples, práticas e gratuitas, seguem algumas sugestões:

Google Drive: A versão gratuita inclui apps similares ao pacote Microsoft Office, que permitem a criação de documentos totalmente compatíveis com o Office, Excel ou PowerPoint, onde cada membro da equipa pode participar de forma colaborativa, completamente online. Além disso, o GDrive oferece 15 GB de armazenamento em cloud para cada usuário.

Trello: O Trello é uma ferramenta de colaboração que organiza os seus projectos em quadros. Em resumo, o Trello serve para informar que tarefas estão a ser trabalhadas, quem está trabalhar em quê, e onde está determinada tarefa em maio a um processo. Permite ainda a criação de equipas de trabalho e a partilha de diferentes formatos de ficheiros até 10 MB cada.

TeamViewer: Já precisou espreitar, acessar um ficheiro ou usar determinada aplicação no computador do seu colega durante o trabalho? Saiba que é possível fazer isso remotamente. O TeamViewer é uma solução abrangente de acesso remoto, controle remoto e suporte remoto que funciona com quase todas as plataformas de desktop e dispositivos móveis, incluindo Windows, macOS, Android e iOS. Permite conectar remotamente computadores ou dispositivos móveis localizados em qualquer lugar do mundo e usá-los como se você estivesse lá.

WeTransfer: Se precisar transferir ficheiros “pesados” de um computador para outro de forma remota, esta é provavelmente a melhor solução. Om serviço online de transferência de arquivos que permite o envio de até 2 GB de forma simples e intuitiva. Para utilizá-lo não é preciso criar conta no site ou inserir dados pessoais, basta ter um endereço de e-mail válido, o item a ser enviado e o e-mail do destinatário.

Ferramentas de Comunicação

WhatsApp: Pois é, o nosso WhatsApp de cada dia é uma ferramenta de comunicação essencial para o trabalho remoto. Diariamente, já utilizamos esta aplicação para este fim e nem nos apercebemos. Mas a verdade é que funciona perfeitamente para comunicação escrita, por voz e até vídeo conferências em grupo. Uma excelente opção para atendimento ao cliente e mesmo reuniões virtuais. Além da possibilidade de partilha de ficheiros de diferentes formatos, até 64 MB. E tem mais, toda gente tem e usa, não precisa de passar pelo sufoco de convites e instalações a cada novo meeting.

WorkPlace: Já imaginou ter um Facebook + Messenger apenas com o pessoal da sua empresa? O Workplace é literalmente isso (inclusive pertence ao Facebook) um ambiente fechado de partilha de informação, com direito a cronologia, feed, grupos, chat, videochamadas, partilha de ficheiros e muito emoji. Possui plano gratuito, disponível na versão web e mobile.

Skype: Já conhecido por muitos, o Skype é um software que permite conversar com o mundo todo. Milhões de pessoas e empresas usam para fazer chamadas de vídeo e voz gratuitas entre dois usuários, bem como chamadas em grupo, enviar mensagens de chat e partilhar arquivos com outras pessoas no Skype. Você pode usar o Skype no dispositivo que preferir: no celular, no computador ou no tablet. Gratuito para baixar e é fácil de usar.

Google Hangouts: É uma excelente alternativa ao Skype, com a vantagem de poder usar a sua conta Gmail para o login. Esta plataforma de comunicação, desenvolvida pela Google, inclui mensagens instantâneas, chat de vídeo, SMS e VOIP. 

Email: Humm… Nem sei o que escrever acerca, email é email… Ora bolas!

Além disso…

Para ajudar a manter a concentração no trabalho, nada melhor do que uma boa playlist para embalar no flow. Neste caso as opções são infinitas, basta procurar por “músicas para ouvir durante o trabalho” numa das várias plataformas de streaming de música como Spotify, Deezer, SoundCloud ou até mesmo no nosso querido YouTube. E pode escolher entre música clássica, rock, bossa nova, semba, ou um incrível set do DJ Black Coffee. 

E é isso…

Estas são as nossas dicas e ferramentas, a nossa maneira. E aguardamos pelo seu feedback com mais dicas e ferramentas. Em forma de comentário ou através do hashtag do movimento #BumbaNoKubico.

Mas, no final das contas, o sucesso do trabalho em equipa (remota ou não) é o profissionalismo e a entrega de cada membro, a vontade de contribuir por um bem comum e, claro, a noção lógica de que é daí que sai o salário.

Abraços da equipa Papaya!

O conteúdo #BumbaNoKubico: Um movimento pelo trabalho remoto em Angola aparece primeiro em Papaya | Marketing Digital | Angola.

]]>
https://papaya.co.ao/2020/03/20/bumbanokubico-um-movimento-pelo-trabalho-remoto-em-angola/feed/ 0 3988
Digital: Mauro Yange reforça equipa da Papaya https://papaya.co.ao/2020/01/14/digital-mauro-yange-reforca-equipa-da-papaya/ https://papaya.co.ao/2020/01/14/digital-mauro-yange-reforca-equipa-da-papaya/#respond Tue, 14 Jan 2020 11:00:19 +0000 https://papaya.co.ao/?p=3957 Angola regista actualmente uma crescente “onda digital”. Temas como Marketing Digital, Startups, e-Commerce e Mobile Money são hoje discutidos no seio de empresas e instituições atentas aos novos tempos, abrindo caminho para uma verdadeira revolução digital no país. É nesta perspectiva que Mauro Yange, um dos principais especialistas em redes sociais da “banda”, junta-se à Papaya, uma startup agency…

O conteúdo Digital: Mauro Yange reforça equipa da Papaya aparece primeiro em Papaya | Marketing Digital | Angola.

]]>
Angola regista actualmente uma crescente “onda digital”. Temas como Marketing Digital, Startups, e-Commerce e Mobile Money são hoje discutidos no seio de empresas e instituições atentas aos novos tempos, abrindo caminho para uma verdadeira revolução digital no país.

É nesta perspectiva que Mauro Yange, um dos principais especialistas em redes sociais da “banda”, junta-se à Papaya, uma startup agency de Marketing Digital criada em 2018, que surge com o objectivo de capitalizar o potencial do mercado digital em Angola, identificar tendências no comportamento do consumidor e alinhar marcas com o mesmo.

“Estamos felizes por ter o Mauro como nosso novo Gestor de Projectos Digitais, é um passo de uma estratégia maior que visa avançar o mercado em 2020 de forma mais forte, sustentável e com muito trabalho” frisou Ayrton Bettencourt, sócio-fundador da Papaya.

Formado em Ciências da Comunicação, Mauro é co-fundador do centro de inovação KiandaHUB, com passagem pelo escritório local da YoungNetwork Group, agência internacional com sede em Portugal, coordenou também o departamento digital da ZWELA AO, um dos maiores grupos de comunicação de origem angolana.


Sobre a Papaya

A Papaya é uma Agência Digital Angolana, que está conectada com o nosso meio envolvente, focada em garantir que a mensagem dos nossos clientes chegue à audiência desejada. Com experiência em criar e acompanhar projectos digitais, que vão desde em campanhas digitais, gestão de redes sociais e portais de entretenimento e corporativos.

O conteúdo Digital: Mauro Yange reforça equipa da Papaya aparece primeiro em Papaya | Marketing Digital | Angola.

]]>
https://papaya.co.ao/2020/01/14/digital-mauro-yange-reforca-equipa-da-papaya/feed/ 0 3957
‘Conheço um Dread’, e tu? https://papaya.co.ao/2018/12/10/conheco-um-dread-digital/ Mon, 10 Dec 2018 15:20:37 +0000 http://ninzio.com/weberium/?p=895 Hoje queremos partilhar o projecto “Conheço Um Dread” um portal de divulgação de conteúdo e entretenimento, que tem vindo a crescer neste último semestre de 2018. Cada vez mais achamos ser super importante receber no Feed. Dicas que de uma forma ou outra nos fazem pensar um pouco, rir sem maneiras ou até mesmo chorar de tanta estupidez. Estes…

O conteúdo ‘Conheço um Dread’, e tu? aparece primeiro em Papaya | Marketing Digital | Angola.

]]>
Hoje queremos partilhar o projecto “Conheço Um Dread” um portal de divulgação de conteúdo e entretenimento, que tem vindo a crescer neste último semestre de 2018.

Cada vez mais achamos ser super importante receber no Feed. Dicas que de uma forma ou outra nos fazem pensar um pouco, rir sem maneiras ou até mesmo chorar de tanta estupidez.

Estes “Dreads” criam conteúdo criativo sobre temas que vão acontecendo na nossa sociedade, mas também falam sobre “Dreads” notáveis que tenham influência nas suas respectivas áreas e com um bullying básico na mistura.

Como os “Dreads” querem estar cada vez mais próximo da sua audiência, e por isso motivo criaram um Grupo de WhatsApp com bué de “Dreads”.

Visite-os no Facebook e saiba como aderir ao grupo. Dá uma olha aqui.

O conteúdo ‘Conheço um Dread’, e tu? aparece primeiro em Papaya | Marketing Digital | Angola.

]]>
895